terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Dois Cristais













Dois cristais que simbolizam vidas
Um é você e o outro sou eu.
Eles são seres vivos como nós
Aparentemente deferentes
Habilidades diferenciadas,
Mas não é uma coisa!
Pode ser usado como um talismã.
Essencial nos exercícios de meditação
Ajuda a desenvolver a intuição
Auxiliam a equilibrar as emoções
Absorve as energias negativas
Desenvolvem as virtudes e potencialidades
É também uma fonte de força
Em suma: O cristal chama a nossa atenção
Por muitos motivos, seja qual for ele
Refletira em nos um comprometimento,
O cristal é quem escolhe o seu dono,
Mas o seu, foi eu quem escolheu!
Deixe que a magia dele se misture com a sua
E que o brilho dele se misture ao seu.
E que o seu brilho, seja igual ao dele.

João Preda

Família é tema do 9º Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da Religião Divina

 No dia 3 de março, a Legião da Boa Vontade e a Religião do Terceiro Milênio promoverão o 9º Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV. Neste ano, o tema do encontro será "Família, o coração do mundo", com enfoque sobre a frase "Os filhos são filhos de todas as mães, e as mães são as mães de todos os filhos", do proclamador da Religião do Novo Mandamento, Alziro Zarur (1914-1979). Acessa o link e leia  a matéria na integra: http://www.boavontade.com/inc/interno.php?cm=93523&cs=2&ci=1

domingo, 29 de janeiro de 2012

A VISÃO DE VERÍSSIMO SOBRE O BBB.


Luis Fernando Veríssimo 
Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço. A nova edição do BBB é uma síntese do que há de pior na TV brasileira. Chega a ser difícil encontrar as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à nossa modesta inteligência.

Dizem que Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente Impossível assistir ver este programa ao lado dos filhos. Gays, lésbicas, heteros...todos na mesma casa, a casa dos “heróis”, como são chamados por Pedro Bial. Não tenho nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer, mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre homossexuais ou heterossexuais. O BBB  é a realidade em busca do IBOPE.

Veja como Pedro Bial tratou os participantes do BBB . Ele prometeu um “zoológico humano divertido” . Não sei se será divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e figuras típicas.


Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um programa desse nível. Em um e-mail que recebi há pouco tempo, Bial escreve maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda referindo-se à pena de se morrer tão cedo. Eu gostaria de perguntar se ele não pensa que esse programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, da ética e da dignidade.

Outro dia, durante o intervalo de uma programação da Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho árduo? Heróis? São esses nossos exemplos de heróis? Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros, profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores) , carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e amor e quase sempre são mal remunerados.

Heróis são milhares de brasileiros que sequer tem um prato de comida por dia e um colchão decente para dormir, e conseguem sobreviver a isso todo dia.

Heróis são crianças e adultos que lutam contra doenças complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais saudável e digna. Heróis são inúmeras pessoas, entidades sociais e beneficentes, Ongs, voluntários, igrejas e hospitais que se dedicam ao cuidado de carentes, doentes e necessitados (vamos lembrar de nossa eterna heroína Zilda Arns).

Heróis são aqueles que, apesar de ganharem um salário mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada meses atrás pela própria Rede Globo.

O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral. São apenas pessoas que se prestam a comer, beber, tomar sol, fofocar, dormir e agir estupidamente para que, ao final do programa, o “escolhido” receba um milhão e meio de reais. E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a "entender o comportamento humano". Ah, tenha dó!!!

Veja o que está por de tra$$$$$$$$$ $$$$$$$ do BBB: José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão.

Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social, moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros? (Poderia ser feito mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores)

Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores. Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa..., ir ao cinema...., estudar... , ouvir boa música..., cuidar das flores e jardins... , telefonar para um amigo... , ·visitar os avós... , pescar..., brincar com as crianças... , namorar... ou simplesmente dormir. Assistir ao BBB é ajudar a Globo a ganhar rios de dinheiro e destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais foi construído nossa sociedade.
 Esta crônica está sendo divulgada pela internet a milhões de e-mails.

Luis Fernando Veríssimo 
É cronista e escritor brasileiro

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

“Ide e Pregai” A Missão é Nossa!”

A Fé é o combustível das Boas Obras. Logo, não se refere à fé ociosa, bastante cômoda de um triunfo sem méritos. Não! Trata-se da salvação alcançada pela fé Realizante, que age em favor 
do progresso social, moral e espiritual do seu país e da Humanidade.  

Extraído do Artigo de Paiva Netto. Publicado na Revista Jesus Está Chegando! Edição 112. www.revistajesusestachegando.com.br
 

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Deus é a nossa conexão perfeita

Jesus no horto
A missão da Religião de Deus está entrelaçada com a missão programada por Jesus para o Planeta Terra. Ele espera que os homens amem uns aos outros, como estabeleceu na bíblia sagrada: “Novo Mandamento vos dou: Amai-vos como Eu vos amei। Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros. (...) O meu Mandamento é este: que vos ameis como Eu vos tenho amado. Não há maior Amor do que doar a própria Vida pelos seus amigos. E vós sereis meus amigos se fizerdes o que Eu vos mando. E Eu vos mando isto: amai-vos como Eu vos amei. Já não mais vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor. Mas tenho vos chamado amigos, porque tudo quanto aprendi com meu Pai vos tenho dado a conhecer. Não fostes vós que me escolhestes; pelo contrário, fui Eu que vos escolhi e vos designei para que vades e deis bons frutos, de modo que o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vos conceda. E isto Eu vos mando: que vos ameis como Eu vos tenho amado. (...) Porquanto, da mesma forma como o Pai me ama, Eu também vos amo. Permanecei no meu Amor”. Esse texto é o Tratado do Novo Mandamento de Jesus, reunido pelo escritor Paiva Netto, consoante o Evangelho do Cristo de Deus, segundo João, 13:34 e 35; 15:12 a 17 e 9. Quem compreende na integra a essência e à abrangência do novo mandamento de Jesus o Cristo de Deus, pode abarcar da grande missão da Religião de Deus para o mundo. Que é renovar as criaturas para Deus: Na Religião, na política, no esporte, na arte, na ciência, na filosofia. Mas principalmente na educação com espiritualidade. Não apenas instruir, mas educar com espírito de solidariedade, ou seja, com a Pedagogia do Cidadão Ecumênico, de autoria do Educador Paiva Netto. Para que num futuro, possamos andar pelas ruas sem medo da violência que impera em toda parte. A missão maior da Religião de Deus é de espiritualizar os seres humanos, verdadeiros Templos de Deus a serem preparados para a volta de Jesus. Cada cidadão tem que edificado na paz e no amor. Só assim estarão aptos a receber Jesus que volta todos os dias para milhares de pessoas em todo o mundo que aclama sua volta. Seja você também mais um a querer receber Jesus na sua vida.
João Areis Preda

Ideal do Bem

Paiva Netto
No próximo dia 30/1, completam-se 64 anos do assassinato do líder pacifista indiano Mohandas Karamchand Gandhi (1869-1948). Num mundo marcado pela violência, é sempre bom recordar o exemplo vitorioso do Mahatma (“grande alma”) ao alcançar, por meio da filosofia da não violência, a independência da Índia.
Em “É Urgente Reeducar!”, afianço que todas as animosidades que costumam dividir, segregar os seres humanos em grupos intolerantes, se opõem ao ideal ecumênico. Assim sendo, promovem a intransigência, contribuem para a manutenção desse estado de tensões múltiplas, as quais poderão empurrar o mundo na direção de um conflito indescritível, que ninguém, em sã consciência, pode desejar.
Vemos o ecumenismo irrestrito e o total como expressões máximas do Amor e da Justiça, o eixo de gravidade de uma sociedade sadia. É a condição natural e o querer espontâneo de toda criatura quando espiritualmente integrada ao Criador, ou ao verdadeiro sentido de humanidade, e bandeira dos que, religiosos ou não, labutam por uma convivência planetária melhor. O ecumenismo proposto pela Religião do Terceiro Milênio não impõe nada a ninguém, a não ser suscitar o convite para o entendimento natural entre gente civilizada.
Numa entrevista que concedi à jornalista portuguesa Ana Serra, ressalto que Religião, Filosofia e Política não rimam com intolerância. A Ciência, idem. Observem a reflexão de Voltaire (1694-1778): “A tolerância é tão necessária na política como na religião; só o orgulho é intolerante”.
E outra coisa: jamais se deve pregar um Criador que apavore as criaturas, porém que as deixe mais responsáveis e fraternas.

CIVILIZAÇÃO CIVILIZADA? SÓ COM DIÁLOGO!
Dias desses, li — na obra “Farmácia de Pensamentos”, da pesquisadora Sonia de Aguiar, com a qual fui presenteado pelo veterano jornalista gaúcho Luiz Carlos Lourenço — a seguinte sentença do dinâmico cantor, compositor e ex-ministro brasileiro da Cultura Gilberto Gil: “A arte, a religião e a ciência são maneiras diferentes para atingir os mesmos fins. Mas, no fundo, todas elas procuram respostas para as mesmas perguntas”.
Indagações que apenas serão elucidadas quando a Fraternidade se tornar o fundamento do diálogo religioso, político, filosófico e científico numa sociedade planetária que se arvora civilizada. Diante disso, cabe aqui esta palavra do velho Goethe (1749-1832): “Aquele que tem vontade firme molda o mundo à sua imagem”.

CRIANÇA NOTA 10
A Legião da Boa Vontade deu início à edição 2012 de sua campanha “Criança Nota 10 — Sem Educação não há Futuro!”. Uniformes e mais de 12 mil kits pedagógicos serão entregues a crianças e adolescentes atendidos no Centro Educacional Alziro Zarur, em Taguatinga/DF, e nas demais escolas e Centros Comunitários de Assistência Social da Instituição, em dezenas de cidades brasileiras. Dessa forma, a LBV complementa o trabalho realizado em suas unidades — onde oferece o apoio necessário para que crianças e adolescentes possam efetivar o aprendizado com qualidade — e ampara as famílias.
O povo ajuda, a LBV faz!

José de Paiva Netto é jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

BIG BROTHER BRASIL, UM PROGRAMA IMBECIL

Autor: Antonio Barreto, natural de Santa Bárbara-BA,
residente em Salvador.
Curtir o Pedro Bial
E sentir tanta alegria
É sinal de que você
O mau-gosto aprecia
Dá valor ao que é banal
É preguiçoso mental
E adora baixaria.



Há muito tempo não vejo
Um programa tão ‘fuleiro’
Produzido pela Globo
Visando Ibope e dinheiro
Que além de alienar
Vai por certo atrofiar
A mente do brasileiro.



Me refiro ao brasileiro
Que está em formação
E precisa evoluir
Através da Educação
Mas se torna um refém
Iletrado, ‘zé-ninguém’
Um escravo da ilusão.



Em frente à televisão
Lá está toda a família
Longe da realidade
Onde a bobagem fervilha
Não sabendo essa gente
Desprovida e inocente
Desta enorme ‘armadilha’.



Cuidado, Pedro Bial
Chega de esculhambação
Respeite o trabalhador
Dessa sofrida Nação
Deixe de chamar de heróis
Essas girls e esses boys
Que têm cara de bundão.



O seu pai e a sua mãe,
Querido Pedro Bial,
São verdadeiros heróis
E merecem nosso aval
Pois tiveram que lutar
Pra manter e te educar
Com esforço especial.



Muitos já se sentem mal
Com seu discurso vazio.
Pessoas inteligentes
Se enchem de calafrio
Porque quando você fala
A sua palavra é bala
A ferir o nosso brio.



Um país como Brasil
Carente de educação
Precisa de gente grande
Para dar boa lição
Mas você na rede Globo
Faz esse papel de bobo
Enganando a Nação.



Respeite, Pedro Bienal
Nosso povo brasileiro
Que acorda de madrugada
E trabalha o dia inteiro
Dar muito duro, anda rouco
Paga impostos, ganha pouco:
Povo HERÓI, povo guerreiro.



Enquanto a sociedade
Neste momento atual
Se preocupa com a crise
Econômica e social
Você precisa entender
Que queremos aprender
Algo sério – não banal.



Esse programa da Globo
Vem nos mostrar sem engano
Que tudo que ali ocorre
Parece um zoológico humano
Onde impera a esperteza
A malandragem, a baixeza:
Um cenário sub-humano.



A moral e a inteligência
Não são mais valorizadas.
Os “heróis” protagonizam
Um mundo de palhaçadas
Sem critério e sem ética
Em que vaidade e estética
São muito mais que louvadas.



Não se vê força poética
Nem projeto educativo.
Um mar de vulgaridade
Já tornou-se imperativo.
O que se vê realmente
É um programa deprimente
Sem nenhum objetivo.



Talvez haja objetivo
“professor”, Pedro Bial
O que vocês tão querendo
É injetar o banal
Deseducando o Brasil
Nesse Big Brother vil
De lavagem cerebral.



Isso é um desserviço
Mal exemplo à juventude
Que precisa de esperança
Educação e atitude
Porém a mediocridade
Unida à banalidade
Faz com que ninguém estude.



É grande o constrangimento
De pessoas confinadas
Num espaço luxuoso
Curtindo todas baladas:
Corpos “belos” na piscina
A gastar adrenalina:
Nesse mar de palhaçadas.



Se a intenção da Globo
É de nos “emburrecer”
Deixando o povo demente
Refém do seu poder:
Pois saiba que a exceção
(Amantes da educação)
Vai contestar a valer.



A você, Pedro Bial
Um mercador da ilusão
Junto a poderosa Globo
Que conduz nossa Nação
Eu lhe peço esse favor:
Reflita no seu labor
E escute seu coração.



E vocês caros irmãos
Que estão nessa cegueira
Não façam mais ligações
Apoiando essa besteira.
Não deem sua grana à Globo
Isso é papel de bobo:
Fujam dessa baboseira.



E quando chegar ao fim
Desse Big Brother vil
Que em nada contribui
Para o povo varonil
Ninguém vai sentir saudade:
Quem lucra é a sociedade
Do nosso querido Brasil.



E saiba, caro leitor
Que nós somos os culpados
Porque sai do nosso bolso
Esses milhões desejados
Que são ligações diárias
Bastante desnecessárias
Pra esses desocupados.



A loja do BBB
Vendendo só porcaria
Enganando muita gente
Que logo se contagia
Com tanta futilidade
Um mar de vulgaridade
Que nunca terá valia.



Chega de vulgaridade
E apelo sexual.
Não somos só futebol,
baixaria e carnaval.
Queremos Educação
E também evolução
No mundo espiritual.



Cadê a cidadania
Dos nossos educadores
Dos alunos, dos políticos
Poetas, trabalhadores?
Seremos sempre enganados
e vamos ficar calados
diante de enganadores?



Barreto termina assim
Alertando ao Bial:
Reveja logo esse equívoco
Reaja à força do mal…
Eleve o seu coração
Tomando uma decisão
Ou então: siga, animal…
FIM
Salvador, 16 de janeiro de 2010

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Poema de uma Lenda Oriental

Alziro Zarur


                                                                                                                                                                       A mãe era uma santa, mas o filho
Com amigos seguia errado trilho.

Sofria tanto a pobre criatura
Porque o filho vivia vida impura!

E dizia-lhe: "Filho, sê bonzinho..."
Mas ele: "Já me enfara o teu carinho!"

E saía. E voltava já noite alta.
Chorava a mãe na ausência do peralta.

Um dia, uma paixão cruel tirou
Do moço o raciocínio, e o desvairou.

Certa mulher lascivamente o olhara...
Com um simples olhar o escravizara!

Confessa-lhe o infeliz o seu amor,
E escuta, mudo, sem nenhum tremor:

"Eu não creio no amor da Humanidade;
A bondade dos homens é a maldade..

"Mas, se rasgar à sua mãe o peito
E me trouxer seu coração perfeito,

"Então, sim, poderei ser toda sua..."
A noite fria tinha um céu sem lua.

Contempla a velha mãe no leito puro.
Repousa a santa... O desvairado impuro

Rasga-lhe o seio! E em sua horrenda mão
Traz, inda a palpitar, o coração!

Ei-lo a correr, desabaladamente!
Mas, oh! tropeça, e cai pesadamente.

E o coração materno, já esmagado,
Diz apenas ao filho desgraçado,

Como flor que murchou e tombou da haste:
"Ai... filho amado... tu... te machucaste?"

Alziro Zarur

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Campanha de Entronização do Novo Mandamento de Jesus nos Corações de Boa Vontade

Democracia Religiosa

Paiva Netto
O Dia Mundial da Religião, em 21 de janeiro, oferece-nos uma oportunidade para refletir sobre a importância de vivermos em todo o planeta a Democracia Religiosa — a liberdade de cada um de seguir o caminho que achar melhor para si, procurando não conflitar com quem quer que seja por causa de crença ou descrença. Vivamos a Fraternidade Ecumênica. É o que pensava também o saudoso papa João Paulo II (1920-2005), porquanto afirmou em viagem apostólica à Índia, em novembro de 1999: “A liberdade de praticar ou mudar de religião deve ser considerada um direito fundamental do ser humano”.
Oportuno, então, o significativo passo dado recentemente pelo governo federal, por intermédio da ministra Maria do Rosário (Secretaria de Direitos Humanos), ao lançar a campanha “Democracia, Paz, Religião — Respeite”. Outra iniciativa é o Comitê de Diversidade Religiosa, criado para facilitar o diálogo entre representantes de diferentes religiões e entre pessoas que não têm religião. Com isso, promove-se o debate sobre políticas públicas com foco no reconhecimento de diferenças, na promoção da diversidade e principalmente na superação da intolerância. A Cruzada de Religiões Irmanadas, que Alziro Zarur (1914-1979) deu início na década de 1950, foi realmente um decisivo avanço para se alcançar essa Paz que todos almejam.

SPIELBERG RECEBE REVISTA DA LBV
No dia 11/1, Steven Spielberg, consagrado cineasta norte-americano, que há pouco recebeu o Globo de Ouro 2012 de Melhor Animação, ao passar em frente ao escritório da Legião da Boa Vontade dos Estados Unidos, em Manhattan, Nova York (Rua 44, entre as 5a e 6a Avenidas), e ser saudado pelos representantes da LBV, recebeu com simpatia a revista “Globalização do Amor Fraterno”.
O Portal Boa Vontade destacou: “Spielberg posou fraternalmente para foto, demonstrando atenção ao trabalho empreendido pela LBV. A publicação, que já foi entregue a centenas de chefes de Estado, autoridades e personalidades, no Brasil e exterior, traz recomendações e boas práticas realizadas pela Legião da Boa Vontade, enfatizando os resultados efetivos das atividades socioeducacionais da Instituição”.
Na revista, consta o meu artigo “Oito Objetivos do Milênio — Responsabilidade de todos os de bom senso”, em que abordo questões do interesse dos povos, sob a luz da Espiritualidade Ecumênica, considerando as oito metas estabelecidas pela ONU para o milênio, ratificadas entre os países membros, válidas até 2015.

NOTA DE SOLIDARIEDADE
Presto minha solidariedade aos familiares e amigos do ex-senador pelo Distrito Federal Leonel Paiva, que em 8/1, voltou à Pátria Espiritual. Também jornalista e publicitário, durante muito tempo foi locutor da “Voz do Brasil”. A espiritualidade ecumênica irradiada do Templo da Boa Vontade o encantava. Certa ocasião, ao visitar a Pirâmide das Almas Benditas, dos Espíritos Luminosos, proferiu esta frase emblemática: “Tudo o que transcende acontece aqui na Legião da Boa Vontade”.
Ao seu Espírito, que é eterno, onde quer que esteja, as vibrações de Paz da família LBV.

José de Paiva Netto — Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

O Templo da Boa Vontade liga este mundo com o outro

João Lopes na mandala
O Templo da Boa Vontade liga este mundo com o outro, caminhar no solo sagrado desta nave, com o pensamento elevado em preces, alcançamos os mais elevados santuários celestes, que a nossa imaginação terrena é capaz de imaginar. Um conforto Indescritível
Brota em nosso universo interior, como uma sensação de estar à beira de uma cachoeira, com aquela nevoa de água cristalina caindo sobre o nosso corpo. Na verdade é o que acontece no Templo da Boa Vontade. Uma água celestial é derramada sobre nos, descendo de DEUS que é amor. Cada pessoa que freqüenta este pedacinho do céu na terra, recebe do Criador do Universo o conforto, a Paz, e a esperança de dias melhores. Não perca tempo! Vá confirmar o que estou afirmando.

Emergência coletiva

Paiva Netto
A estiagem no Rio Grande do Sul, que fez o governo estadual decretar situação de emergência coletiva, já atingiu, até o momento, 141 municípios. São estimados prejuízos superiores a R$ 2 bilhões nas lavouras, principalmente nas de feijão e milho. Na zona rural de Santo Ângelo, um incêndio de grandes proporções, na localidade de Olhos D’água, destruiu, na segunda-feira (9/1), 18 hectares de plantio de milho, 20 hectares de palha desse grão, além de três hectares de mato. Segundo o Corpo de Bombeiros, as chamas se alastraram rapidamente, facilitadas pela seca. Só depois de cinco horas o fogo foi controlado.
A combinação de altas temperaturas, escassez de chuva e ação humana aumenta bastante o perigo de incêndios tanto nas lavouras como em morros e encostas. Em Porto Alegre, por exemplo, a Defesa Civil já registrou sete focos, a partir de 44 áreas de risco. É preciso que façamos a nossa parte. Medidas simples podem ajudar: jamais fume nem jogue bitucas de cigarro em áreas de vegetação. Se acampar, não queime lixo. Se encontrar cacos de vidro na vegetação, recolha-os, pois o reflexo do sol neles pode provocar incêndio.
O governo federal trabalha com um pacote de medidas para amenizar o drama enfrentado pelo Rio Grande do Sul.

LBV — SOS CALAMIDADES
Se no Sul e no Nordeste a estiagem preocupa, no Sudeste as chuvas continuam a trazer transtornos à população. Por conta disso, a Legião da Boa Vontade promove a campanha “SOS Calamidades”, no intuito de recolher donativos em favor de milhares de famílias desabrigadas. No dia 6 de janeiro, em ação conjunta com o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil, a Secretaria de Estado de Ação Social, a Secretaria de Segurança Pública e as Polícias Civil e Militar do Rio de Janeiro, a LBV enviou 42 toneladas de água potável às regiões norte e noroeste do Estado, atingidas pelas enchentes causadas pelo transbordamento dos rios Pombas, Muriaé e Paraíba do Sul. Em Minas Gerais, a queda de uma ponte deixou a cidade de Guidoval, na Zona da Mata, ilhada. No dia seguinte, a Legião da Boa Vontade chegou ao local, levando 6 toneladas de doações, entre cestas de alimentos não perecíveis, água potável, material de higiene pessoal e de limpeza.
Você que está se dirigindo ao Rio de Janeiro ou a Belo Horizonte e quiser ajudar, na capital fluminense, compareça ao Centro Educacional José de Paiva Netto: Av. Dom Hélder Câmara, 3.059 — Del Castilho. Telefone (21) 2216-7800. Já na capital mineira, o posto de arrecadação da LBV está na Av. Cristiano Machado, 10.765 — Planalto. Para outras informações, ligue: (31) 3490-8101.

SPIELBERG RECEBE REVISTA DA LBV
Na quarta-feira (11/1), o consagrado cineasta e empresário norte-americano Steven Spielberg, ao passar em frente ao escritório da Legião da Boa Vontade dos Estados Unidos, em Manhattan, Nova York (Rua 44, entre as 5a e 6a Avenidas), e ser saudado pelos representantes da LBV, recebeu com simpatia a revista “Globalização do Amor Fraterno”.
O Portal Boa Vontade destacou: “Spielberg posou fraternalmente para foto, demonstrando atenção ao trabalho empreendido pela LBV. A publicação, que já foi entregue a centenas de chefes de Estado, autoridades e personalidades, no Brasil e exterior, traz recomendações e boas práticas realizadas pela Legião da Boa Vontade, enfatizando os resultados efetivos das atividades socioeducacionais da Instituição”.
Na revista, consta o meu artigo “Oito Objetivos do Milênio — Responsabilidade de todos os de bom senso”, em que abordo questões do interesse dos povos, sob a luz da Espiritualidade Ecumênica, considerando as oito metas estabelecidas pela ONU para o milênio, ratificadas entre os países membros, válidas até 2015.

José de Paiva Netto — Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br — www.boavo