quinta-feira, 24 de abril de 2014

O nada e a razão

As faces do Templo de Deus
Quantas vidas desperdiçadas
Pelo simples nada, ou algo parecido.
São as insignificâncias
Que sempre causa um vazio.

São episódios inexistentes
Mas que existem
São acontecimentos que estão
No oculto, nas profundezas.
Onde a imaginação, quase
Não alcança e quando atingi,                   
É com muita duvida.
                                                                              
A solução pra esse nada.
Está em nossa imaginação.
Quando conectada a outros
Mundos, pela intuição.
E nunca pela razão.

João Preda




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não seja água parada!

A poluição causada pelo homem, mesmo sabendo que é parte da natureza, é que provoca a morte dos rios, das florestas, do ar, das nascentes,...