terça-feira, 29 de julho de 2014

Jornal Contexto destaca Livro Amiguinhos da Natureza de João Preda

São 62 obras publicadas, que envolvem 84 escritores anapolinos. São diferentes estilos como, por exemplo, poesias, prosas, crônicas e livros acadêmicos.  Faça seu comentario, clica no link e depois na Matária Amiguinhos da Natureza ensina com fábula. http://www.jornalcontexto.net/noticias.php?editoria=Cultura&&edicao=276&&id_editoria=16

segunda-feira, 28 de julho de 2014

3º Lugar, Concurso belezas de Goiás

Recebendo a premiação, foto Clara D'arc
Foto de João Preda, Cachoeira Samambaia, localizada na região de Caiapônia-Goiás ficou em 3º lugar em concurso “ Belezas de Goiás”  realizado pela Secretária de Cultura de Goianapolis durante a festa do tomate. 

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Amiguinhos da Natureza é lançado em noite de festa no Teatro Municipal de Anápolis

O Prefeito de Anápolis João Gomes com o livro, João Preda e a Primeira dama de Anápolis Lucimar Gomes

Eu com a propriedade que tenho como jornalista e escritor e defensor do meio ambiente lancei neste dia 23 de julho meu terceiro livro. “Amiguinhos da Natureza” Quero mostra através de um dialogo entre uma Garrafa Pet e um Pneu, as crianças, adolescentes e a todas as pessoas do Mundo o quanto é triste a circunstância evidente do aquecimento Global. A população mundial corre sério risco de sua extinção e a exterminação de todos os seres viventes neste planeta, caso não façamos nada para evitar: E o prudente é não ficarmos parados, temos o dever de trabalhar para evitar que isso venha a acontecer com a nossa morada coletiva, o Planeta Terra.
Esse meu livro é uma singela parcela de colaboração ao meio ambiente, que vem sofrendo com as maquinas devoradoras das florestas e do cerrado, sem falar dos lixos que emporcalham e destroem os rios, causando as suas extinções.                                                                                                                     
Como afirma o Escritor Paiva Netto: “A destruição da Natureza é a extinção da Raça Humana, pois a todo o momento, em todas as partes do mundo, o Homem, na ânsia de enriquecer a qualquer preço, cava a própria sepultura”. Vamos fazer a nossa parte, não jogando nos rios e mananciais: pneus usados, garrafas pets, sacolas plásticas, pilhas, copos descartáveis, baterias e toda forma de lixo. Temos o dever de conduzirmos para as reciclagens e aterros sanitários. Agindo assim estaremos protegendo a nossa história e a vida das novas gerações.

            Faça como a Pet e a Pnéia, não seja água parada.

A vida das pessoas na terra é como um rego D’água, o canal tem que estar sempre limpo, para que nossa história não seja exterminada. Eliminando a nossa morada coletiva, o Planeta terra. Ele está sendo arruinado com a poluição dos rios, dos regos D’água, das cachoeiras, dos mares e até mesmo dos oceanos. Essa poluição causada pelo homem, mesmo sabendo que é parte da natureza é que provoca a morte dos rios, das florestas, do ar, das nascentes, dos animais, do solo e causa o aquecimento Global e consequêntemente causa a extinção da vida Planetária. Não seja água parada! E sim um rio de água corrente e cristalina a ornamentar a paisagem do Universo.
                     
João Preda
Jornalista e escritor

João Preda autografando.... 
João Preda e Silvio Moraes Ilustrador do livro







terça-feira, 15 de julho de 2014

João Preda Lança livro Amiguinhos da Natureza


João Areis Preda
Ao registrar essa fábula dando vida a uma Garrafa Pet e a um Pneu, desejo mostrar as crianças, adolescentes e a todas as pessoas do Mundo o quanto é triste a circunstância evidente do aquecimento Global. A população mundial corre sério risco de sua extinção e a exterminação de todos os seres viventes neste planeta, caso não façamos nada para evitar: E o prudente é não ficarmos parados, temos o dever de trabalhar para evitar que isso venha a acontecer com a nossa morada coletiva, o Planeta Terra.
Esse meu livro é uma singela parcela de colaboração ao meio ambiente, que vem sofrendo com as maquinas devoradoras das florestas e do cerrado, sem falar dos lixos que emporcalham e destroem os rios, causando as suas extinções.                                                                                                                     
Como afirma o Escritor Paiva Netto: “A destruição da Natureza é a extinção da Raça Humana, pois a todo momento, em todas as partes do mundo, o Homem, na ânsia de enriquecer a qualquer preço, cava a própria sepultura”. Vamos fazer a nossa parte, não jogando nos rios e mananciais: pneus usados, garrafas pets, sacolas plásticas, pilhas, copos descartáveis, baterias e toda forma de lixo. Temos o dever de conduzirmos para as reciclagens e aterros sanitários. Agindo assim estaremos protegendo a nossa história e a vida das novas gerações.

            Faça como a Pet e a Pnéia, não seja água parada.

A vida das pessoas na terra é como um rego D’água, o canal tem que estar sempre limpo, para que nossa história não seja exterminada. Eliminando a nossa morada coletiva, o Planeta terra. Ele está sendo arruinado com a poluição dos rios, dos regos D’água, das cachoeiras, dos mares e até mesmo dos oceanos. Essa poluição causada pelo homem, mesmo sabendo que é parte da natureza é que provoca a morte dos rios, das florestas, do ar, das nascentes, dos animais, do solo e causa o aquecimento Global e consequêntemente causa a extinção da vida Planetária. Não seja água parada! E sim um rio de água corrente e cristalina a ornamentar a paisagem do Universo.
                     
Contato do escritor: predajoao@gmail.com







sexta-feira, 11 de julho de 2014

Três passos decisivos na vida, o amor, a paixão, a ilusão amorosa

João Preda em Porto de Galinhas-Recife -Brasil 
O que é o amor?

O amor é o sentimento que move os montes e todas as coisas.
O amor sensibiliza, o amor aquece, o amor acalenta,
O amor compartilha. Ele ilumina e conforta.
Em suma: o amor traz a harmonia da vida, quem vibra
Com amor não tem medo, Ele é a própria essência natural da 
Criação, Deus total, que é Amor.
E esse amor quando compartilhado, suaviza as almas dos que padecem, 
Aqueles que buscam sem encontrar
O amor.

O que é a paixão?

A paixão é algo forte no mundo
Destrói o sentimento da alma 
deixando as pessoas fragilizadas
Em seu mundo intimo.
Vença a paixão e enriqueça
Seu sentimento no amor
Que a brasa não consegue destruir
Não deixe sua mente aberta
Ao pensamento nefando
Que envenena as pessoas
Deixando as desequilibradas 
Com seus espíritos na obscuridade.                                                           

O que é uma ilusão amorosa?

A ilusão amorosa é um sentimento de uma conquista perdida, um amor complexo, onde o tempo e o desgaste da convivência fez desmoronar algo que parecia eterno, mas, mesmo na dor temos que tirar proveito dos erros cometidos no passado e ter esperança em Deus, que tudo pode. Ele é eterno, e nós fomos criados a imagem e semelhança Dele. Os caminhos que pra nós parecem tortos, é apenas a nossa visão limitada, que distorce tudo em nossa volta. O que ocorre na vida está correto, suegem das nossas escolhas, São acontecimentos que marca para sempre a nossa vida.

João Preda